domingo, 5 de abril de 2009

"Diante da palavra II"


Falar não é comunicar. Falar não é tocar nem fazer escambo - das idéias, dos objetos -,
falar não é se exprimir, designar, esticar uma cabeça tagarela na direção das coisas,
dublar o mundo com um eco, uma sombra falada;
falar é antes abrir a boca e atacar o mundo com ela, saber morder.
O mundo é por nós furado, revirado, mudado ao falar.
Tudo o que pretende estar aqui como um real aparente pode ser por nós subtraído ao falar.
As palavras não vêm mostrar coisas, dar-lhes lugar, agradecer-lhes educadamente
por estarem aqui, mas antes partí-las e derrubá-las.



(Valère Novarina)

5 comentários:

BAR DO BARDO disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Chiquinha Chicória disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gabriela Buarque disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Chiquinha Chicória disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.