domingo, 29 de junho de 2008

O sobrevivente

não há nada a dizer

4 comentários:

Francisco Fuchs disse...

É muito comovente encontrar aqui esta referência. Devo demais a esse homem, mais do que a qualquer outro.

Chega. Não quero estragar o silêncio desta nota.

Beijo.

Joice Marino disse...

Chico,


Poderia ser diferente?

Quando ainda nem conhecia você direito, vi este homem no seu álbum e os olhos dele me chamaram a atenção.

São olhos que viram a nobreza, de frente.

É bem difícil encontrar pessoas que possam olhar a nobreza assim, como coisa de casa.

Por este motivo ele está aqui.
Por este motivo ele está em você.
Por este motivo você está em mim.

O silêncio é mais poderoso do que a música.

Beijo.

chico fux disse...

Joice,

você é mesmo uma lindeza.

Uma lindeza, viu?

Beijo.

andre disse...

Joicinha,

Estou adorando ler esse site.
Estou aqui só para agradecer mesmo.
Vi que o colocou na sua seleta lista de blogues, que eu visito sempre que posso.Que bom!
O do seu amigo Fabrício é um deleite, também. Obrigado por mandar.
É, você está me fazendo gostar de blogues, quem diria!

Um beijo, menina.